Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Afinal, a entrevista não era uma entrevista. Sarah Palin acusa o comediante Sacha Baron Cohen de a enganar: “Humor maldoso e doentio”

RJ Sangosti

A ex-governadora do Alaska e candidata a vice-presidente nas presidenciais de 2008 diz ter sido convidada para participar num documentário histórico sobre veteranos de guerra. A entrevista, afinal, era falsa e o veterano na cadeira de rodas era Sacha Baron Coheng

Sarah Palin diz que é mais uma “vítima” do humor “maldoso, exploratório e doentio” de Sacha Baron Cohen. A ex-governadora do Alaska diz ter sido convidada para participar num documentário histórico sobre veteranos de guerra, mas a verdade é que, desconfia, o homem que estava diante dela numa cadeira de rodas e fardado era o comediante. Aquele encontro será, afinal, um sketch do programa de Cohen na CBS, “Who is America?”

“Sim, fomos enganados. Apanhaste-me Sacha. Sentes-te melhor agora?”, começou por escrever no Facebook a candidata a vice-presidente dos EUA em 2008 -- John McCain foi o candidato republicano à Casa Branca. “Esta oportunidade legítima para honrar os veteranos norte-americanos e contribuir para um documentário histórico legítimo foi-me pedida através de um gabinete de oradores”

Palin conta que atravessou o país com a sua filha para se encontrar com um homem que estava mascarado e que atuava como um veterano incapacitado, numa cadeira de rodas falsa. “Levaram-me a acreditar que seria uma conversa séria com quem serviu o país. Estive sentada durante uma longa ‘entrevista’ cheia de hollywoodismos desrespeitosos e sarcásticos, mas acabei por me fartar, tirei o microfone e abandonei, para muito desgosto do Cohen”, escreveu no Facebook.

“O desrespeito aos nossos militares e americanos de classe média através dos comentários estrangeiros sob a farsa das perguntas da entrevista foi perverso.” Palin desafia o canal de televisão norte-americano e o comediante a entregarem o dinheiro que resultar daquele espetáculo para os veteranos de guerra.

“Aqui fica um desafio, rapaz superficial: vai em frente, publica as filmagens. A experiência diz-nos que será fortemente editado, nada bonito e com a intenção de humilhar". O programa “Who is America?”, da CBS, vai para o ar naquele país no domingo.