Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Alemanha vai doar mais 75 milhões de euros para assistência aos sobreviventes do Holocausto

A Alemanha concordou ainda em aumentar as pensões de 55 mil sobreviventes do Holocausto na Europa Central e Ocidental, além de expandir a elegibilidade para descendentes dos sobreviventes

A organização que trata das queixas por parte dos judeus que sofreram durante o regime nazi afirmou esta terça-feira que a Alemanha concordou pagar mais 75 milhões de euros para financiar serviços de assistência social para sobreviventes do Holocausto.

A Claims Conference, sediada em Nova Iorque, nos Estados Unidos, avançou também que o financiamento de toda a ajuda vai ser, no próximo ano, de 480 milhões de euros para apoiar os sobreviventes à medida que envelhecem.

O negociador da Conferência sobre Reclamações Materiais Judaicas contra a Alemanha, Greg Schneider, disse que os “heróis idosos merecem o reconhecimento que o aumento dos pagamentos e os serviços muito necessários vão proporcionar”.

A Alemanha também concordou em aumentar as pensões de 55 mil sobreviventes do Holocausto na Europa Central e Ocidental, além de expandir a elegibilidade para descendentes dos sobreviventes.

A Claims Conference faz negociações constantes para tornar mais pessoas elegíveis para a compensação pelos atos do regime nazi. A Alemanha já pagou mais de 59 mil milhões de euros desde 1952.