Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Presidente das Filipinas promete demitir-se se alguém provar existência de Deus

Pool Getty Images

Rodrigo Duterte garantiu que se demitirá imediatamente, se existir “uma única testemunha” que possa provar, talvez com uma fotografia, ter visto e falado com Deus

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, desencadeou uma nova polémica no país asiático, de maioria católica, ao prometer demitir-se se alguém provar a existência de Deus.

Num discurso proferido na sexta-feira, Rodrigo Duterte questionou alguns fundamentos da fé católica, incluindo o conceito do pecado original, que declarou manchar crianças inocentes e que só pode ser perdoado através do batismo.

"Onde está a lógica de Deus nisto", perguntou o chefe de Estado filipino, de 73 anos.

De acordo com a agência noticiosa Associated Press, Duterte declarou que se demitirá imediatamente, se existir "uma única testemunha" que possa provar, talvez com uma fotografia, ter visto e falado com Deus.

Na semana passada, Rodrigo Duterte foi criticado por ter chamado "estúpido" a Deus, levando um bispo católico a apelidar o Presidente filipino de "psicopata".