Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Vaga de calor já provocou 54 mortos no Canadá

Habitantes de Montreal, no Canadá, tentam refrescar-se na Place des Arts

EVA HAMBACH/Getty

Vaga de calor no leste do Canadá dura há uma semana. A cidade de Montreal e a província do Quebeque são as regiões mais afetadas

A vaga de calor que dura há uma semana no leste do Canadá já provocou a morte a pelo menos 54 pessoas, no Quebeque, anunciaram esta sexta-feira as autoridades locais.

Em Montreal foram contados 28 mortos, em resultado da "vaga de calor sufocante", especificaram as autoridades sanitárias da metrópole do Quebeque, em declarações à agência AFP. As outras mortes foram recenseadas no sudoeste da província canadiana francófona, detalhou o Ministério da Saúde do Quebeque.

Depois de uma semana de temperaturas elevadas no leste do Canadá, o termómetro deve regressar às médias da época a partir de sábado.

"Considerando a meteorologia, esperamos um regresso à normalidade nas próximas horas", declarou a porta-voz do Ministério, Noémie Vanheuverzwijn.

Não há registo de mortes ligadas ao calor na província vizinha do Ontário, que também conheceu uma vaga de calor.

Já em 2010, uma vaga de calor tinha provocado a morte de uma centena de pessoas na região de Montreal.