Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Elon Musk estuda soluções para resgatar as crianças na Tailândia

LILLIAN SUWANRUMPHA/AFP/Getty Images

Um grupo de engenheiros da empresa norte-americana viajou para a Tailândia para ajudar as autoridades no resgate

Elon Musk passou parte desta quinta-feira à noite a discutir várias ideias de como resgatar os jovens tailandeses que estão há quase duas semanas encurralados nas grutas de Tham Luang, no norte do país. No Twitter, o dono da SpaceX partilhou uma série de ideias e detalhes técnicos sobre diferentes possibilidades de concretizar o resgate os 12 jovens e o treinador de futebol. Há uns dias, o empresário tinha-se disponibilizado para ajudar as autoridades tailandesas na operação e, agora, anunciou que um grupo de engenheiros vai seguir para a Tailândia.

“De certeza que há uma série de complexidades que são difíceis de analisar se as pessoas não estiverem no terreno”, justificou o também líder executivo da Tesla.

Por agora, não se sabe como Musk pode ajudar no resgate, mas algumas das sugestões passam por facilitar a vidas das crianças enquanto não conseguem sair da gruta. “Talvez seja possível experimentar pôr um tubo de nylon com um metro de diâmetro e enchê-lo de ar como um insuflável. Deve criar um túnel de ar debaixo de água contra o teto da gruta e adaptar-se às formas mais complicadas como um buraco de 70 centímetros”, propôs.

No sábado de 23 de junho, tal como já era habitual, a equipa de futebol dos Moo Pa treinou. Depois, jogadores e treinador foram dar um passeio nas grutas de Tham Luang e, apesar dos avisos para não entrarem no local em tempo de chuva, acabaram por fazê-lo. Quando começou a chover, a água entrou e as grutas foram ficando progressivamente inundadas. O caminho que tinham seguido ficou bloqueado, impedido a saída do grupo.

No início desta semana foram encontrados pelas autoridades, mas ainda não se sabe como as crianças vão ser retiradas da gruta.