Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Naufrágio na Indonésia causa pelo menos 34 mortos

MUSTAFA SYAHRIL/EPA

Além das 34 mortes, 155 pessoas foram resgatadas com vida

Pelo menos 34 pessoas, entre as quais crianças, morreram num naufrágio de um ferry que transportava cerca de 190 pessoas na costa da Indonésia, informaram esta quarta-feira as autoridades locais.

O 'ferry' KM Lestari estava a transportar cerca de 190 pessoas no momento do naufrágio, que ocorreu na terça-feira, apesar de a lista de passageiros indicar apenas 134 pessoas a bordo.

Além das 34 mortes, 155 pessoas foram resgatadas com vida, referiu a agência nacional de gestão de desastres, sem mencionar desaparecidos no seu último balanço.

O barco de 49 metros fazia o trajeto entre a ilha de Celebes (Sulawesi) à ilha vizinha de Salayar quando foi surpreendido por ventos fortes e ondas altas.

As imagens do naufrágio mostravam passageiros agarrados a um dos lados do ferry, enquanto ondas batiam em camiões e outros veículos que estavam no barco, a cerca de 300 metros da costa de Celebes.

Este acidente ocorreu no mesmo dia do anúncio do fim das buscas a 164 pessoas desaparecidas no naufrágio de outro ferry na semana passada, na ilha de Sumatra, no Lago Toba. Apenas a morte de três passageiros foi confirmada, enquanto outros 21 sobreviveram.

Em relação ao naufrágio de terça-feira, uma frota de pequenos barcos tentou salvar os passageiros, já que o mau tempo impediu que embarcações maiores se aproximassem, referiu o Ministério dos Transportes indonésio.

"Os últimos passageiros a bordo foram retirados por volta das 00h05 (de quarta-feira na Indonésia, 18h05 de terça-feira em Lisboa)", disse Agus H. Purnomo, um responsável do Ministério, em comunicado.

Em 2009, mais de 300 pessoas morreram no naufrágio de um ferry que ligava a ilha de Cebeles à parte indonésia da ilha de Bornéu.