Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Obrador e Trump discutem redução da migração na fronteira entre México e EUA

Pedro Mera / Getty Images

“Recebi um telefonema de Donald Trump, conversámos por meia hora e sugeri que ele considerasse um acordo global: projetos de desenvolvimento que criam empregos no México e, ao mesmo tempo, reduzir a migração e melhorar a segurança”, escreveu o novo Presidente mexicano, Andrés Manuel Lopez Obrador na rede social Twitter

O presidente eleito do México, Andrés Manuel Lopez Obrador, propôs na segunda-feira ao Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, um plano para criação de empregos naquele país, "reduzir a migração" e "melhorar a segurança" na fronteira.

"Recebi um telefonema de Donald Trump, conversámos por meia hora e sugeri que ele considerasse um acordo global: projetos de desenvolvimento que criam empregos no México e, ao mesmo tempo, reduzir a migração e melhorar a segurança ", escreveu o novo Presidente mexicano na rede social Twitter.

Trump afirmara pouco antes que tinha tido uma "boa conversa" com Lopez Obrador, prevendo um "bom relacionamento" no futuro.

"Acho que ele nos vai tentar ajudar na fronteira", acrescentou.

Obrador, de 64 anos, obteve uma vitória histórica no domingo nas eleições presidenciais mexicanas, ao garantir mais de 52,9% dos votos.

"Há muito a fazer pelo bem dos Estados Unidos e do México!", publicou Donald Trump, também no Twitter, após o anúncio da vitória histórica de Lopez Obrador, que assegurou mais tarde que queria uma relação de "amizade e cooperação" com os Estados Unidos.

O Presidente norte-americano acusou repetidamente o México de "não fazer nada" para impedir que imigrantes centro-americanos chegassem à fronteira com os Estados Unidos, e prometeu construir um muro para impedir a imigração ilegal.

  • México guina à esquerda. Será o novo Presidente assim tão diferente de Donald Trump?

    À terceira foi de vez e de uma forma avassaladora. López Obrador é o novo Presidente do México, depois de conseguir mais de 53% dos votos, deixando o tradicional partido de poder em terceiro lugar. O PRI afundou-se por causa da corrupção, a mesma que Obrador apelida de “máfia do poder” e que promete erradicar. O perfil de um homem que não será Chávez e que até pode entender-se com Trump

  • Vitória de López Obrador no México: as reações

    Foram muitas as reações à vitória de Andrés Manuel López Obrador, que terá conseguido mais de 53% dos votos, muito distanciado do segundo classificado, Ricardo Anaya (PAN), com 23%, e bastante acima do terceiro lugar, ocupado pelo candidato do partido no poder, José Antonio Meade (PRI), que deverá andar pelos 15%. Confira as reações do Presidente dos EUA, do primeiro-ministro do Canadá e de muitos líderes da América Latina

  • México. Obrador vence presidenciais e arrasa partidos que governaram à direita durante décadas

    Andrés Manuel López Obrador foi eleito o novo Presidente do México, dando uma guinada à esquerda num país governado há quase um século à direita por apenas dois partidos, com particular destaque para o PRI. Obrador promete combater a “máfia do poder” e adotar uma nova abordagem em relação aos cartéis da droga, no centro da violência que assola o país. Em relação a Trump, México vai procurar “relações amistosas” com os EUA, disse no discurso de vitória