Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detido irmão do assaltante que fugiu de helicóptero de prisão em Paris

Brahim Faïd está a ser interrogado pela polícia judiciária de Versalhes, na sequência da fuga, este domingo, do seu irmão de uma prisão em Paris

A polícia francesa deteve hoje o irmão de Redoine Faïd, o assaltante de bancos que fugiu de helicóptero, este domingo, de uma prisão na região de Paris, que estava com ele na sala de visitas antes da evasão. Brahim Faïd está a ser interrogado pela polícia judiciária de Versalhes, arredores de Paris, segundo a BFMTV.

O irmão conseguiu fugir da penitenciária de Réau, na região de Paris, com a ajuda de três cúmplices fortemente armados e um helicóptero, numa operação “de poucos minutos” que não fez feridos, segundo a administração da penitenciária.

Os cúmplices deslocaram-se de manhã a um pequeno clube aeronáutico em Fontenay-Trésigny e sequestraram um piloto que os levou até à penitenciária. O helicóptero aterrou no pátio de entrada, único local da prisão que não é coberto, por onde os detidos só passam quando entram ou saem do edifício.

Posteriormente, segundo a imprensa francesa, dois dos homens lançaram uma granada de fumo e com uma rebarbadora perfuraram a porta que dá acesso à sala de visitas, onde só havia um vigilante. Os cúmplices estavam vestidos de preto, com máscaras também pretas, e armados com metralhadoras.

Depois da fuga, abandonaram o helicóptero a cerca de 60 quilómetros da prisão e libertaram o piloto, que está em estado de choque.