Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Um ano depois da Grenfell Tower, as chamas regressam a Londres

Cerca de 180 pessoas foram forçadas a abandonar as suas casas quando, pouco depois das quatro da manhã, um incêndio deflagrou no prédio de Lewisham. Um batalhão de cerca de 60 bombeiros combateu o fogo. A área foi evacuada, mas o incêndio já estará controlado

Um incêndio de grandes proporções deflagrou na madrugada desta quinta-feira num prédio de 20 andares no sudeste de Londres, levando cerca de 180 pessoas a abandonarem as suas casas. O incêndio ocorre exatamente um ano depois de um outro na Grenfell Tower, também na capital britânica.

Cerca de 60 bombeiros combateram o incêndio no prédio de Lewisham. Nas imagens captadas por moradores do bairro, veem-se chamas a saírem das janelas e colunas de fumo a subirem, enquanto vários veículos de emergência se concentram no exterior do prédio.

Uma centena e meia de moradores abandonou o edifício antes da chegada dos bombeiros, por volta das 4h15 da manhã. Testemunhas dizem ter acordado ao som de gritos de pessoas.

Depois de evacuada a zona, a polícia revelou que o incêndio já estava controlado e que as estradas seriam reabertas o mais rapidamente possível.

A 14 de junho de 2017, um incêndio na Grenfell Tower, em Londres, provocou a morte de 72 pessoas.