Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Líder xiita Muqtada al-Sadr deverá vencer eleições parlamentares no Iraque

AHMAD AL-RUBAYE/AFP/Getty Images

Com mais de 91% dos votos contados, a coligação do primeiro-ministro, Haider al-Abadi, não foi além da terceira posição. As eleições de sábado foram as primeiras desde a derrota do Daesh (autoproclamado Estado Islâmico)

A aliança do líder xiita Muqtada al-Sadr deverá vencer as eleições parlamentares no Iraque num notável regresso ao poder depois de anos afastado por rivais iranianos, revelou esta terça-feira a estação de televisão Al Jazeera.

Com mais de 91% dos votos contados em 16 das 18 províncias iraquianas, a coligação do chefe da milícia xiita, Hadi al-Amiri, apoiada pelo Irão, ficou em segundo lugar, enquanto a coligação do primeiro-ministro, Haider al-Abadi, não foi além da terceira posição.

A coligação de Muqtada al-Sadr, que junta o Movimento Sadrista e o Partido Comunista do Iraque, terá conseguido mais de 1,3 milhões dos votos e 54 assentos parlamentares (num total de 329). A aliança não concorreu em duas províncias, em Dohuk (controlada pelos curdos) e em Kirkuk (etnicamente mista e rica em petróleo). Os resultados em ambas poderão ser atrasados, devido às tensões entre os partidos locais, mas não terão qualquer efeito nos números de al-Sadr.

As eleições de sábado foram as primeiras desde a derrota do Daesh. No entanto, a participação ficou aquém da consulta anterior, com pouco mais de 44% dos eleitores registados a votar.