Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Presidente de Itália dá mais tempo aos partidos para solução de Governo

Sean Gallup/Getty Images

Sergio Mattarella foi sensível aos pedidos do Movimento Cinco Estrelas e da Liga para uma extensão do período de negociações. Mesmo assim, as negociações entre os respetivos líderes não se afiguram simples

O Presidente de Itália, Sergio Mattarella, vai dar mais tempo para que a Liga e o Movimento Cinco Estrelas consigam assinar um pacto de Governo. A informação foi divulgada esta quinta-feira por uma fonte do gabinete presidencial.

Os dois partidos, hostis às restrições orçamentais da União Europeia, pediram na quarta-feira mais 24 horas a Mattarella para tentarem chegar a um acordo. No entanto, uma fonte próxima do Cinco Estrelas disse à agência Reuters que poderiam precisar de “mais alguns dias” para chegarem a um entendimento.

O partido anti-sistema sinalizou no início de abril que estava aberto ao diálogo com a Liga, força de extrema-direita, mas não com o seu aliado eleitoral, o antigo primeiro-ministro Silvio Berlusconi. Depois de ter recusado reiteradamente esse veto, Berlusconi cedeu esta quarta-feira, dizendo que a Liga estava livre para trabalhar com o Cinco Estrelas.

Ainda assim, as negociações entre os líderes do Cinco Estrelas, Luigi Di Maio, e da Liga, Matteo Salvini, não se afiguram simples. A Reuters lembra que enquanto o Cinco Estrelas – que consegue muito do seu apoio no sul empobrecido de Itália – quer introduzir generosas prestações sociais, a Liga – que encontra a sua base eleitoral no norte rico – pretende reduzir os impostos.

Nas eleições de 4 de março, o Cinco Estrelas foi o partido mais votado, seguindo-se o Partido Democrático, de centro-esquerda. Contudo, em bloco, foi a coligação de direita – que juntou a Força Itália (de Berlusconi) e a Liga – a conseguir mais votos. Nenhuma das forças tem assentos suficientes para governar sozinha.