Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Diretor da CIA reuniu-se com líder da Coreia do Norte

Pompeo lidera a agência central de espionagem desde janeiro de 2017

Drew Angerer/Getty Images

Mike Pompeo fez uma visita secreta ao país para discutir a cimeira entre o Presidente dos EUA e o líder norte-coreano. O encontro destinava-se a avaliar se Kim Jong-un estava preparado para manter conversas sérias sobre os seus programas nucleares e de mísseis balísticos. O local da cimeira continua por definir

O diretor da CIA, Mike Pompeo, fez uma visita secreta à Coreia do Norte durante o fim de semana da Páscoa e reuniu-se com o líder do país, Kim Jong-un. A informação foi revelada esta terça-feira, tendo o encontro servido para discutir a cimeira com o Presidente dos EUA, Donald Trump.

A conversa de Pompeo alimentou a crença de Trump de que seriam possíveis negociações produtivas com o líder norte-coreano sobre os seus programas nucleares e de mísseis balísticos, segundo um alto oficial americano. De acordo com uma segunda fonte, que também falou sob a condição de anonimato, Pompeo, ao regressar, revelou que vale a pena continuar a explorar a possibilidade de uma cimeira, acrescentando, no entanto, que nenhum local foi selecionado a partir de várias listas de opções e, consequentemente, nenhuma decisão logística foi ainda tomada.

Na terça-feira, Trump disse que os EUA estavam envolvidos em negociações diretas a “níveis extremamente altos” com a Coreia do Norte para definir os pormenores da cimeira. Depois de as suas palavras serem interpretadas como a possibilidade de já estar a falar diretamente com Kim Jong-un, Trump viria a esclarecer: “Vamos deixar um pouco abaixo do nível mais alto”.

Mike Pompeo é um dos conselheiros mais confiáveis do Presidente e a sua viagem faz dele o responsável americano mais sénior a encontrar-se com Kim, dando igualmente o sinal mais forte da vontade de Trump de se tornar o primeiro Presidente dos EUA a encontrar-se com um líder norte-coreano.

Ainda segundo as fontes anónimas, a visita do diretor da CIA foi organizada pelo chefe da inteligência sul-coreana, Suh Hoon, com o seu homólogo norte-coreano, Kim Yong Chol, e destinava-se a avaliar se Kim Jong-un estava preparado para manter conversas sérias.

A cimeira entre os líderes dos EUA e da Coreia do Norte está prevista para o final de maio ou início de junho em local a determinar.