Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cultivar batatas na Lua? China vai tentar...

VCG / Getty Images

“Minibiosfera lunar” é a experiência que uma agência espacial chinesa realizará no satélite natural, onde também serão deixados ovos de bichos-da-seda. Missão será lançada no final deste ano

A missão lunar chinesa Chang E 4, que deve ser lançada no final deste ano, vai tentar cultivar plantas na Lua, nomeadamente batatas, parte de uma experiência que visa constituir colónias espaciais, informou esta quinta-feira a imprensa chinesa.

A Chang E 4, a segunda sonda chinesa que aterrará na superfície lunar, transportará um recipiente com sementes de batatas e de arabidopsis, uma planta herbácea, visando testar o seu cultivo na Lua.

Serão ainda levados ovos de bichos-da-seda e a sua evolução gravada em vídeo, para ser observada a partir da Terra.

Designada "minibiosfera lunar", a experiência foi selecionada entre mais de 200 propostas ao programa espacial chinês, e conta com a participação de 28 universidades do país.

O programa Chang E começou em 2007, com o lançamento de uma primeira sonda orbital e, desde então, levou à Lua quatro sondas.

A longo prazo o programa chinês tem como objetivo lançar uma missão tripulada à Lua.

Chang E é o nome de uma deusa que vive na Lua, segundo uma lenda chinesa.

O programa espacial chinês iniciou-se há duas décadas e hoje dispõe de foguetões, astronautas e uma estação espacial próprios, além de planos para a instalação de uma base autónoma na Lua.