Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Luta por libertação de Lula chega a Portugal

Guilherme Boulos (à direita), candidato às eleições presidenciais brasileiras de outubro pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), numa foto recente com Lula da Silva

Sebastião Moreira / Lusa

Ato político será realizado esta quinta-feira em Lisboa pela libertação de ex-Presidente brasileiro

Christiana Martins

Christiana Martins

enviada ao Brasil

Jornalista

O candidato às eleições presidenciais brasileiras de outubro pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Guilherme Boulos, disse no “bom dia” Lula no acampamento em Curitiba, cidade onde ex-Presidente está preso, que esta quinta-feira será feito um grande ato político em Lisboa.

Líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Boulos diz que terá início a partir de agora um processo de “denúncia internacional” do que disse ser a “judicializacao da política brasileira”. Um processo de divulgação que começará por Portugal.

DR

Guilherme Boulos disse ao Expresso, à porta do edifício da Polícia Federal, que campanha internacional em defesa da democracia brasileira terá início esta quinta-feira em Lisboa num seminário que reunirá Pilar del Rio, Boaventura Sousa Santos, Pablo Iglesias, Catarina Martins, representantes da França Insubmissa e da Frente Ampla do Chile.

[Notícia atualizada às 15h28]

  • “Não vale a pena ter medo, não resolve nada, tem de enfrentar”

    Não são assim tantos, mas são estrategas, sabem o que fazem e o que têm de fazer para resistir. São o povo de Lula da Silva no acampamento em Curitiba, onde o ex-Presidente brasileiro está preso por corrupção. Vão-se revezando, entram e saem das duas ruas que compõem a resistência do PT. Idosos, mulheres, jovens, homens e crianças, há de tudo do “Brasil real”. Muitas rugas, pele curtida pelo sol e chinelo no pé, sorriso no rosto e esperança de ver o companheiro Lula sair. Enquanto não sai, montam tenda e cantam