Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Acidente de autocarro onde seguia equipa de hóquei no gelo mata 14 pessoas no Canadá

Foto publicada na conta de Twitter do clube Humboldt Broncos, a 24 de março passado, após uma vitória da equipa

Humboldt Broncos

Um acidente entre um camião de mercadorias e um autocarro que transportava uma equipa juvenil de hóquei no gelo provocou a morte de 14 pessoas no Canadá, estando outros passageiros em estado grave, informaram as autoridades locais

Um acidente entre um camião de mercadorias e um autocarro que transportava uma equipa juvenil de hóquei no gelo provocou, na sexta-feira, a morte de 14 pessoas no Canadá, estando outros passageiros em estado grave, informaram as autoridades locais.

O autocarro, que transportava a equipa juvenil Humboldt Broncos com destino à cidade de Nipawin, para um jogo do ‘play-off’ da liga de hóquei no gelo, colidiu um com camião de mercadorias.

De acordo com a BBC, deste acidente, que ocorreu na província de Saskatchewan, resultaram 14 mortos. Citando informações da polícia canadiana, a BBC aponta que, das 28 pessoas que seguiam no autocarro, 14 morreram, incluindo o motorista.

As outras 14 foram transportadas para o hospital e estão em estado grave, ainda segundo aquela força de segurança.

Num comunicado colocado entretanto no ‘site’ do clube Humboldt Broncos, o presidente, Kevin Garinger afirma que do acidente resultaram “várias perdas”. “A nossa comunidade está em choque”, acrescenta, lamentando a “tragédia inacreditável”.

“Os nossos pensamentos e orações estão com as famílias dos membros da equipa e dos atletas e com quem está a passar por toda este horrível desastre. A nossa família do Humboldt Broncos está em choque e estamos a tentar lidar com as perdas”, diz ainda Kevin Garinger.

Numa publicação entretanto feita na rede social Twitter, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, afirma “não conseguir imaginar aquilo que estes pais estão passar”.
“As minhas condolências vão para todos os afetados por esta terrível tragédia”, adianta.