Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

França. Detidas duas pessoas que tentaram atropelar grupo de militares

Desconhecem-se ainda as motivações dos atacantes, que se colocaram em fuga após a tentativa de atropelamento

Duas pessoas que tentaram atropelar esta manhã um grupo de militares junto a um quartel perto de Grenoble, nos Alpes franceses, foram detidas pelas autoridadas.

Os dois indivíduos tentou esta quinta-feira atropelar um grupo de militares franceses que estavam a fazer jogging perto do quartel de Varces-Allières-et-Risset, situado a cerca de 400 km de Grenoble. Não há registo de vítimas, garantem as autoridades.

Segundo a imprensa local, um dos indivíduos proferiu insultos em árabe contra os militares antes de se colocar em fuga. A viatura utilizada na provável tentativa de ataque foi um Peugeot 207, que foi roubado momento antes do incidente.

Entretanto, a autarquia de Isère emitiu um comunicado para explicar que já foi aberta uma investigação para apurar os contornos do incidente. Desconhece-se ainda “se a ação foi uma guinada involuntária, uma maneira de tentar impressionar os militares ou um gesto deliberado”, acrescenta a mesma fonte. Mas tudo indica que se tratou da terceira hipótese. Desconhecem-se para já as motivações dos atacantes.

A procuradoria de Paris, que centraliza em França as investigações de terrorismo, disse à Efe estar a avaliar os factos, em coordenação com o Ministério Público em Grenoble.

(Artigo atualizado às 11h09)