Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mulher mais procurada pela Europol passou por Portugal

DR

Durante a fuga, a espanhola Tania Varela esteve também escondida na América do Sul, revela a polícia regional da Catalunha

Tania Varela, a mulher mais procurada pela Europol, que foi detida esta segunda-feira em Sitges, Barcelona, esteve em Portugal durante a fuga. A informação foi avançada esta manhã pelos Mossos d'Esquadra (polícia regional da Catalunha) numa conferência de imprensa.

Durante os últimos anos, Tania Varela “esteve em Portugal e na América do Sul”, afirmou Antoni Rodríguez, responsável pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) dos Mossos d'Esquadra, citado pela EuropaPress.

Segundo os Mossos d'Esquadra, a mulher foi detida durante a tarde de segunda-feira enquanto estava passear com a filha num parque em Sitges, onde vivia há cerca de um ano escondida das autoridades.

“Estamos a investigar o motivo pelo qual estava a viver em Sitges e quem lhe dava apoio logístico e financeiro que permitiu que a sua fuga se prolongasse por tanto tempo”, acrescentou.

Em fuga desde 2011, esta advogada galega, de 44 anos, foi alvo de três mandados detenção por tráfico de droga e branqueamento de capitais.