Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Skripal: Chefe da diplomacia da UE convoca embaixador russo para “conversações”

NurPhoto/ Getty Images

Um porta-voz do Kremlin já lamentou esta decisão da UE, que surge na sequência do ataque químico contra o ex-espião russo Serguei Skripal e da filha, no Reino Unido

A chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Federica Mogherini, convocou esta sexta-feira formalmente o embaixador russo junto das instituições comunitárias para "conversações" com Bruxelas, segundo um comunicado.

“O Conselho Europeu pediu à Alta Representante, Federica Mogherini, para convocar o Chefe da Delegação da Federação Russa junto da UE para conversações com Bruxelas”, segundo um comunicado divulgado pelo serviço de Ação Externa da União Europeia.

“O Chefe da Delegação foi instruído em conformidade pela Alta Representante e deverá chegar a Bruxelas este fim de semana para consultas com ela”, acrescenta o comunicado.

Um porta-voz do Kremlin, citado pela AFP, já lamentou esta decisão da UE, que surge na sequência do ataque químico contra o ex-espião russo Serguei Skripal e da filha, no Reino Unido.

  • Caso Skripal. UE apoia Reino Unido e convoca embaixador da Rússia

    Apesar da solidariedade para com os britânicos, bloco europeu parece estar dividido face ao ataque de 4 de março contra um ex-espião russo em Inglaterra com recurso a uma potente arma química. Países como a Lituânia estão a ponderar expulsar diplomatas russos enquanto outros, como a Grécia, estão a ser mais comedidos na hora de apontar o dedo ao Kremlin