Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Acrobata do Cirque du Soleil morre após queda em espetáculo na Florida

O artista acabou por ser transportado para o hospital mas não resistiu aos ferimentos

Um acrobata do Cirque du Soleil morreu no sábado após uma queda em palco durante um espetáculo que decorria em Tampa, no estado norte-americano da Florida, anunciou no domingo à noite a produção.

O artista, Yann Arnaud, caiu durante um número de cintas aéreas, durante o espetáculo "Volta", foi transportado para o hospital, mas sucumbiu aos ferimentos algumas horas depois.

"A grande família do Cirque du Soleil está em choque e devastada com esta tragédia", declarou, num comunicado, Daniel Lamarre, presidente do grupo.

Acrescentou que estão a ser recolhidas todas as informações sobre a ocorrência, e a ser desenvolvida colaboração com as autoridades sobre as circunstâncias da queda.

Yann Arnaud estava a trabalhar no circo há mais de 15 anos e não é o primeiro colaborador que o Cirque du Soleil, fundado no Quebeque em 1984, perde em pleno espetáculo.

Também nos Estados Unidos, em junho de 2013, uma acrobata francesa, Sarah Guillot-Guyard, morreu depois de uma queda num espetáculo em Las Vegas.

Em 2009, um acrobata ucraniano, Olexandre Jourov, de 24 anos, também deu uma queda mortal durante um treino em Montreal.