Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Suspeito de tiroteio que causou 17 mortos pode ser condenado à morte

Nikolas Cruz, de 19 anos, é acusado do massacre ocorrido no dia de São Valentim, no liceu Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, que provocou a morte a 17 pessoas e ferimentos a outras 16

O suspeito de autoria do tiroteio na escola do Estado da Florida, Nikolas Cruz, foi esta quarta-feira acusado formalmente de 17 homicídios em primeiro grau, o que pode significar uma sentença de morte, se for condenado.

Cruz, de 19 anos, é acusado do massacre ocorrido no dia de São Valentim, no liceu Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, que provocou a morte a 17 pessoas e ferimentos a outras 16.

A acusação inclui também 17 tentativas de homicídio.

O advogado de defesa de Cruz afirmou que o seu cliente confessar-se-ia culpado, se os procuradores retirassem a pena de morte da mesa, o que poderia significar prisão perpétua.