Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Simone Biles: abusada sexualmente pelo médico responsável pelo departamento de Ginástica dos EUA

Simone Biles foi a mais recente atleta a dizer que foi abusada sexualmente pelo médico responsável pela equipa de Ginástica dos Estados Unidos, Larry Nassar.

A ginasta, que arrasou os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 com quatro medalhas de ouro, descreveu o abuso num post no Twitter na passada segunda-feira.

"A maioria de vós conhece-me como uma rapariga feliz, sorridente e energética", diz ela; "Mas ultimamente... tenho-me sentido um bocado em baixo e, quanto mais tento calar as vozes que me vão na cabeça, mais alto elas gritam. Deixei de ter medo de contar a minha história. Também eu sou umas das muitas sobreviventes que foi abusada sexualmente por Larry Nassar. Por favor acreditem em mim quando digo que foi muito mais difícil falar disso em voz alta, do que é escrevê-lo. Existem várias razões pelas quais me tenho sentido relutante em partilhar a minha história, mas sei que não foi culpa minha".

Nassar, médico responsável pelo departamento de Ginástica da equipa dos EUA, foi acusado de abusar sexualmente cerca de 140 mulheres e raparigas sob o pretexto de tratamento médico. Foi condenado a 60 anos em prisão federal no estado do Michigan.