Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Quatro bombistas suicidas matam 18 pessoas na Nigéria

Os ataques ocorreram em quatro zonas da cidade de Maiduguri, no nordeste do país, a mais atingida pelos jiadistas do Boko Haram

Quatro bombistas suicidas mataram pelo menos 18 pessoas e feriram outras 29, esta quarta-feira, em Maiduguri, cidade no nordeste da Nigéria.

A primeira explosão teve lugar num lugar sagrado no subúrbio de Muna Gari. As outras ocorreram pouco depois no mesmo bairro.

"Perto das 18h13 locais, quatro bombistas suicidas - dois homens e duas mulheres - inflitraram-se na comunidade de Muna Gari e acionaram os explosivos que tinham presos ao corpo em diferentes locais", disse o porta-voz da polícia nigeriana, Victor Isuku, confirmando que "um total de 18 pessoas terão morrido nas múltiplas explosões".

Nenhum grupo reivindicou o ataque, em tudo semelhante a atentados levados a cabo por radicais do Boko Haram, que já mataram mais de 20 mil pessoas desde 2009. Estes extremistas islâmicos pretendem crear um Estado Islâmico na região da bacia do Lago Chade.

Maiduguri é a capital do estado de Borno e a cidade mais atingida pelos ataques jiadistas. Desde junho deste ano, pelo menos 221 pessoas morreram no nordeste da Nigéria em atentados com armas de fogo e bombistas suicidas, avança a Reuters.