Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Financial Times” diz que May oferece €20 mil milhões para sair da UE

John Moore / Getty Images

A equipa da primeira-ministra britânica espera que esta oferta possa desbloquear as negociações, que estão num impasse há três meses, e permita “avançar para uma segunda fase e abrir as discussões sobre um futuro acordo de comércio com a União Europeia”, escreve o jornal britânico

A primeira-ministra britânica Theresa May vai oferecer esta semana pelo menos 20 mil milhões de euros na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia, avança o jornal britânico "Financial Times" (FT).

De acordo com o jornal, a chanceler alemã Angela Merkel é uma das líderes europeias que já foi informada de que o discurso de May em Florença, na sexta-feira, vai incluir uma proposta de envelope para selar financeiramente o 'divórcio' entre o Reino Unido e a União Europeia.

A equipa da líder britânica espera que esta oferta possa desbloquear as negociações, que estão num impasse há três meses, e permita "avançar para uma segunda fase e abrir as discussões sobre um futuro acordo de comércio com a UE", escreve o FT.

O valor de 20 mil milhões de euros representa o valor necessário para que nenhum Estado-membro tenha de pagar mais ou receber menos para compensar a saída do Reino Unido, entre 2018 e 2020, o último ano já orçamentado.

Na notícia, o FT esclarece que vários responsáveis britânicos mostraram-se "surpreendidos" pela possibilidade de algumas capitais europeias já terem conhecimento de detalhes do discurso de sexta-feira, uma vez que só na quinta-feira está prevista uma reunião do gabinete de May sobre o discurso de Florença.

O artigo do jornal britânico surge também poucos dias depois de o ministro dos Negócios Estrangeiros, Boris Johnson, ter escrito um artigo no qual defende que o Reino Unido não devia pagar qualquer valor à UE para poder aceder ao mercado comum depois de um período transição.