Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Conservadores de Merkel lideram sondagens a dez dias das eleições gerais

FABRIZIO BENSCH / REUTERS

Embora os conservadores liderem as sondagens, este resultado aponta para um retrocesso de um ponto percentual em relação aos dados da semana passada e o seu pior valor em quatro meses

O partido conservador da chanceler alemã, Angela Merkel, segue na liderança das intenções de voto a dez dias das eleições gerais de 24 de setembro na Alemanha, segundo uma sondagem divulgada esta quarta-feira.

De acordo com a sondagem, publicada esta quarta-feira no semanário “Stern” e pela cadeia de televisão RTL, a União Democrata-Cristã (CDU) e a sua União Social-Cristã (CSU) obtiveram 37% dos sufrágios nos comícios parlamentares.

Embora os conservadores liderem as sondagens, este resultado aponta para um retrocesso de um ponto percentual em relação aos dados da semana passada e o seu pior valor em quatro meses.

Em segundo lugar, o Partido Social-Democrata (SPD), que representa 23% dos votos, o seu pior resultado nos comícios gerais desde 2009 com Frank-Walter Steinmeier - o atual presidente alemão - como candidato.

A seguir surge a Esquerda, que ganhou um ponto percentual em relação à última semana com 10%, pelo que voltaria a ser a terceira força na Bundestag (Câmara Baixa).

Em quarto lugar, aparece a Alternativa de Direita para a Alemanha (AfD), com 9% dos votos, que aspira a tornar-se a primeira força política da sua ideologia.

Por último, os Verdes e o Partido Liberal (FDP), obtiveram ambos 8% dos votos, conseguindo assim o mínimo legal de 5% para obter representação na Bundestag.

As eleições parlamentares alemãs estão marcadas para 24 de setembro e Merkel aspira a uma quarta legislatura consecutiva.