Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tempestade Harvey provocou duas explosões em fábrica de químicos no Texas

THOMAS B. SHEA / AFP / Getty Images

Um alerta fora emitido na quarta-feira, depois de “o elevado nível de água no local e a falta de eletricidade” por causa da tempestade tropical Harvey terem deixado a fábrica em risco, “sem forma de impedir um desastre”

O risco fora antecipado e aconteceu o que se esperava. Duas explosões ocorreram esta madrugada numa fábrica de produtos químicos em Crosby, Texas, depois de a unidade ter ficado sem energia por causa das inundações causadas pela tempestade tropical Harvey.

Privada dos sistemas de refrigeração usados para manter os compostos perigosos, a Arkema tinha já emitido um aviso, na quarta-feira, alertando para o facto de “o elevado nível de água no local e a falta de eletricidade” colocarem a fábrica em risco, “sem forma de impedir um desastre”.

Segundo os responsáveis, a notificação sobre as explosões foi recebida cerca das 2h (8h em Lisboa), altura em que o Centro de Operações de Emergência do Condado de Harris deu conta do ocorrido, referindo a existência de muito fumo negro.

“Os peróxidos orgânicos são extremamente inflamáveis ​​e, como acordado com funcionários públicos, o melhor a fazer é deixar queimar”, acrescentou a empresa.

A fábrica tinha sido encerrada na última sexta-feira, em antecipação à chegada do Harcvey. Apenas 11 funcionários permaneceram no local, encarregados de tentar manter os produtos químicos seguros. Mas esses trabalhadores foram transferidos esta terça-feira, depois de o abastecimento elétrico ter ficado cortado. Como medida de segurança, foi ordenada também a saída de todos residentes en redor da fábrica, num raio de 2,5 quilómetros.

A passagem da tempestade matou pelo menos 35 pessoas e forçou 32 mil a procurarem abrigos.