Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Dois mortos, milhares de pessoas sem água e luz, grandes inundações. São os estragos do Harvey

Efeitos da passagem do furacão Harvey nos arredores de Fulton

DARREN ABATE/EPA

Autoridades de Rockport confirmam dois mortos. Já foram transferidos 4500 presos de uma prisão no sul de Houston devido ao risco de inundação no local onde estavam detidos

Ao início da madrugada deste domingo, em Lisboa, Donald Trump louvou no Twitter a "maravilhosa coordenação entre o governo Federal e o do estado do Texas" no combate ao furacão, que causou pelo menos dois mortos na sua passagem pelo sudeste do Texas.

Recorde-se que o Presidente Trump tinha assinado a declaração de catástrofe natural, a pedido do governador do Texas, de forma a agilizar a "assistência do governo” federal ao estado do Texas.

Trump anunciou a declaração de catástrofe através da rede social Twitter.

Esperam-se chuvas torrenciais nos próximas dias que podem provocar grandes inundações. Há milhares de pessoas sem água nem eletricidade. As autoridades confirmam a morte de pelo menos duas pessoa no decurso da passagem do furacão Harvey pelo sudeste do Texas.

Em Rockport, o autarca Charles Wax, diz que o furacão provocou "devastação generalizada", com algumas escolas, casas e lojas a ficarem "fortemente danificadas ou destruídas". A cidade costeira, com quase nove mil habitantes, ficou também com estradas alagadas, árvores derrubadas, sinais de trânsito arrancados e barcos revirados.

Em Corpus Christi há mais de 210 mil pessoas sem eletricidade, de acordo com o jornal Houston Chronicle. O Harvey destruiu casas e lojas, com o vento a derrubar palmeiras e postes de iluminação e a lançar destroços contra hotéis e outros edifícios, juntamente com as inundações provocadas pelo chuva intensa.

Alerta para os próximos dias

O que mais preocupa as autoridades são as chuvas que poderão provocar inundações em cidades como Houston, a quarta maior dos Estados Unidos. O New York Times diz que como medida de prevenção, as autoridades mandaram transferir 4500 reclusos de três prisões no sul do Houston, para outras prisões, informou o Departamento de Justiça Criminal do Texas.

Recorde-se que o Harvey é o primeiro furacão significativo a atingir o Texas desde 2008, quando o Ike, com ventos até 177 quilómetros/hora atingiu Galveston e Houston, causando 22 mil milhões de dólares de prejuízos.

O furacão atingiu a costa do estado norte-americano do Texas na noite de sexta-feira com a categoria 4, mas mais tarde passou a tempestade tropical, com ventos de 110 quilómetros por hora.