Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Vídeo mostra Trump a socializar com russos ligados a emails controversos

Trump fotografado com Emin (esq) e Aras Agalarov no Miss Universo 2013, que decorreu em Moscovo

Victor Boyko

Na gravação obtida pela CNN, o empresário tornado Presidente surge a conversar com Emin e Aras Agalarov, os bilionários russos que terão pedido a um intermediário que marcasse um encontro entre Donald Trump Jr. e uma advogada do governo russo porque este queria “ajudar” Trump a ser eleito

Apesar de Donald Trump continuar a garantir que não sabe "nada sobre a Rússia", o atual Presidente dos EUA foi filmado em 2013 a jantar e a conversar com as três pessoas que estão no centro dos controversos emails que o seu filho mais velho, Donald Trump Jr., trocou com uma delas para marcar um encontro com uma advogada com ligações ao Kremlin.

No vídeo, gravado em 2013 e que foi obtido e revelado ontem pela CNN, o empresário Trump é visto a conversar com Emin e Aras Agalarov, os russos que terão pedido a Rob Goldstone, agente musical de Emin, que marcasse o encontro entre Trump Jr. e Natalia Veselnitskaya.

"Pensamos todos de maneira igual", ouve-se Emin Agalarov a dizer. "Estas são as pessoas mais influentes da Rússia, estas são as pessoas mais ricas da Rússia", acrescenta depois Trump.

Goldstone, o publicitário britânico ligado à indústria musical russa, também aparece no vídeo a falar com o atual Presidente dos EUA. Foi ele quem enviou os emails ao filho de Trump para marcar o encontro com a advogada russa — que teria lugar na Torre Trump a 9 de junho de 2016, entre Trump Jr., Veselnitskaya, o marido de Ivanka Trump, Jared Kushner, e o ex-diretor da campanha republicana, Paul Manafort.

Nos emails trocados com Trump Jr., Goldstone diz-lhe que foi o seu cliente Emin que pediu para que a reunião acontecesse, envolvendo uma pessoa descrita pelo publicitário como "o procurador da coroa russa" — um cargo que não existe na Federação, como apontou ontem o líder da oposição a Putin, Alexei Navalny —, porque o governo russo queria "ajudar" Donald Trump a vencer as eleições.

Aras Agalarov, o pai de Emin, é um bilionário russo natural do Azerbaijão com ligações próximas a Vladimir Putin com quem Trump firmou um acordo milionário para organizar o concurso Miss Universo de 2013 em Moscovo. O encontro entre o duo Agalarov, Goldstone e o agora Presidente dos EUA (em cuja filmagem Trump Jr. não aparece) teve lugar em Las Vegas a 15 de junho de 2013, na véspera do Miss USA, concurso durante o qual Trump anunciaria oficialmente que o Miss Universo desse ano ia ter lugar na capital russa.