Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Rua Sésamo” afegã promove a educação feminina

Zeerak, de quatro anos, é a nova personagem de “Baghch-e-Simsim”

dr

A sexta temporada de “Baghch-e-Simsim”, a popular versão afegã de “Rua Sésamo”, conta com uma nova personagem, Zeerak. Tem quatro anos e, orgulhoso da irmã mais velha, vai mostrar a importância da igualdade de oportunidades

“Baghch-e-Simsim” é o nome do programa infantil de sucesso da televisão afegã que está a ajudar a mudar mentalidades no país e este ano voltou a inovar. Para promover a igualdade e ajudar a educar as novas gerações, a versão local de “Rua Sésamo” introduziu Zari (uma rapariga jovem que frequenta a escola) no último ano e agora os produtores da série decidiram apostar em Zeerak. A nova marioneta é um rapaz de quatro anos, irmão de Zari, que veste roupas tradicionais afegãs e cuja função passará por expressar o orgulho na irmã.

Massood Sanjer, responsável pela Tolo TV (canal que transmite o programa infantil na televisão afegã), considera que “Baghch-e-Simsim” pode ajudar a mudar mentalidades e ajudar no desenvolvimento de uma sociedade mais justa, mas a missão ainda está no início. Para os responsáveis pelo programa, um dos objetivos é mudar a forma como a educação é vista no país. De acordo com os números mais recentes, são cerca de 66% por cento os rapazes com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos que sabem ler, ao passo que a literacia feminina na mesma faixa etária não vai além dos 37%. No fundo, parte da função de Zeerak (significa inteligente nas línguas Dari e Pashto) passará por mostrar vontade de ir para a escola com a irmã quando tiver idade, mas a mensagem parece ser poderosa no seio das famílias (e o canal sabe disso).

Desde a estreia, em 2011, a série de televisão tem promovido o desenvolvimento infantil e a educação, sempre com foco na importância da escola para o género feminino (60% da população em idade escolar não termina os estudos e dois terços do abandono escolar é de raparigas). De acordo com o “Tolo News”, um inquérito feito em janeiro deste ano (aplicado a 1500 encarregados de educação de crianças entre os três e os sete anos) mostrou que Zari é a personagem mais referida pelos participantes, sendo esta a preferida das crianças (tanto rapazes como raparigas).

Num artigo publicado no “Tolo News” (orgão de informação do mesmo grupo), o chairman e CEO Saad Mohseni do MOBY Group (que detém a TOLO TV e o canal LEMAR) mostrou-se entusiasmado com a nova temporada. “Tendo em conta a extraordinária estreia de Zari em 2016, estamos confiantes de que Zeerak vai seguir os seus passos, e que juntos terão um impacto positivo no Afeganistão”, defendeu.

Vista por cerca de 80% das famílias com acesso ao cabo (e 3,1 milhões de crianças com idades entre os três e os sete anos), “Baghch-e-Simsim” é exibida seis dias por semana na televisão, com um novo episódio todas as semanas, e é também transmitida na rádio. A versão radiofónica do programa conta com dois episódios semanais, distribuídos pelas rádios nacionais, regionais e locais afegãs.