Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Síria: pelo menos 18 mortos e 12 feridos em atentados suicidas na capital

População síria observa um dos ataques bombistas no leste de Damasco

LOUAI BESHARA / AFP / GETTY IMAGES

Os atentados bombistas aconteceram no leste da capital da Síria, Damasco, informou a televisão estatal

Pelo menos o18 pessoas morreram e 12 ficaram este domingo feridas em atentados suicidas no leste da capital da Síria, Damasco, informou a televisão estatal. Segundo a mesma fonte, um bombista suicida fez-se explodir depois de ter sido cercado por forças de segurança e outros dois carros armadilhados terão sido intercetados e a sua explosão controlada pelas autoridades.

As imagens do local das explosões mostram edifícios danificados e carros queimados. As forças de segurança impediram os terroristas de alcançar dois dos seus alvos, o que teria provocado mais mortes, revelaram fontes oficiais à TV estatal, acrescentando que os bombistas pretenderam atingir áreas da cidade com grande movimento, no primeiro dia de regresso ao trabalho depois do feriado religioso de Eid al-Fitr, que marca o fim do Ramadão.

As vítimas circulavam nas ruas perto da Cidade Velha, no distrito de Bab Touma. Para já, nenhum grupo reivindicou a responsabilidade do atentado.

Em março, Damasco foi atingida junto ao Palácio da Justiça por dois ataques bombistas suicidas em série, em momentos diferentes, um deles reivindicado pelo Daesh e outro pela aliança islâmica Tahrir al-Sham. Num dos ataques a maioria das vítimas eram peregrinos xiitas iraquianos.