Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Parlamento alemão aprova legalização de casamento gay

FABRIZIO BENSCH / REUTERS

A Alemanha junta-se assim aos 20 países ocidentais, 13 dos quais na Europa, que já legalizaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo

O parlamento alemão aprovou esta sexta-feira um diploma que legaliza o casamento entre pessoas do mesmo sexo, depois de a chanceler Angela Merkel ter abandonado a sua posição de princípio sobre a matéria.

O diploma contou com o voto a favor de 393 deputados dos três partidos de esquerda representados na câmara baixa do parlamento, os sociais-democratas, os ecologistas e a esquerda radical, além de um grupo de deputados da família conservadora de Merkel.

Entre os conservadores, houve 226 votos contra.

A Alemanha junta-se assim aos 20 países ocidentais, 13 dos quais na Europa, que já legalizaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Berlim tinha adotado em 2001 a união civil com direitos equivalentes aos do casamento, exceto para certas vantagens fiscais e em matéria de adoção.

A nova lei, que deve agora ser validada pela câmara alta do parlamento para entrar em vigor, vai permitir aos casais do mesmo sexo o direito de adoção.

Angela Merkel abriu caminho à aprovação deste diploma, anunciando na segunda-feira que os deputados do seu partido tinham Liberdade de voto.

Segundo os media alemães, Merkel terá votado contra.