Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

EUA e Índia juntos no combate ao terrorismo

SHAWN THEW / EPA

A Casa Branca informa em comunicado que os dois chefes de Estado decidiram unir esforços no combate ao terrorismo

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu esta segunda-feira o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, na Casa Branca. Este primeiro encontro entre os dois chefes de Estado fica marcado pela disponibilidade manifestada de unir esforços no combate ao terrorismo.

Em comunicado, a Casa Branca informou que "a Índia e os EUA vão lutar juntos" contra o terrorismo, que classificaram como um "grande desafio para a humanidade". Ambos comprometeram-se ainda a expandir a partilha de informações.

De acordo com a BBC, os líderes deixaram ainda um aviso ao Paquistão onde exigem que "o seu território não seja utilizado para lançar ataques terroristas noutros países", afirmando que vão fortalecer a cooperação contra ameaças, incluindo os grupos paquistaneses, Jaish-e-Mohammad e Lashkar-e-Taiba, que para as autoridades indianas são os autores mais do que prováveis dos atentados de Bombaim em 2008 e a uma base em Pathankot em 2016.

A Índia também "apreciou" o recente movimento dos EUA para nomear Syed Salahuddin, o principal líder do grupo armado separatista Hizbul Mujaidin de Kashmiri, um "terrorista global especialmente qualificado", afirmou a Casa Branca.

"A relação entre a Índia e os Estados Unidos nunca foi tão forte, nunca foi melhor", afirmou Donald Trump.