Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Michel Temer é o Presidente brasileiro mais impopular em 28 anos

UESLEI MARCELINO / Reuters

A popularidade do chefe de de Estado brasileiro desceu aos 7%, segundo uma sondagem

Luís M. Faria

Jornalista

O Presidente brasileiro Michel Temer tem o mais baixo índice de popularidade de um ocupante desse cargo em 28 anos. Assim revela uma sondagem da Datafolha, empresa de sondagens ligada ao diário "Folha de São Paulo".

Segundo os resultados agora publicados, apenas 7% dos brasileiros têm uma imagem positiva do seu Presidente. Só José Sarney ultrapassou esse índice tão negativo – o dele chegou aos 5% em 1989. Para 69% dos cidadãos, o governo de Temer é "ruim" ou "péssimo", e 65% querem que ele deixe o cargo.

Os números de Temer, que já eram muito baixos, pioraram após a revelação de uma gravação em que ele é ouvido, aparentemente, a aprovar o pagamento de um suborno a um deputado preso por corrupção, Eduardo Cunha, a troco do seu silêncio. O Presidente diz que a gravação foi manipulada, mas as autoridades anunciaram esta sexta-feira que as 180 interrupções que lá se notam têm a ver com o funcionamento do aparelho de gravação e não com qualquer trabalho de edição.

Notícias também publicadas este sábado dizem que as primeiras acusações oficiais a Temer, relativas a subornos, devem surgir já na próxima semana, e outras deverão seguir-se, numa estratégia de enfraquecimento progressivo da defesa do Presidente. Ele tem negado os crimes que lhe atribuem, e qualquer acusação tem de ser aprovada por dois terços da câmara baixa do Parlamento, antes de o Supremo Tribunal poder julgar o presidente.

As entrevistas da sondagem, efetuadas entre esta quarta e sexta-feira, abrangeram 2771 inquiridos. A Datafolha também revela 81% de opiniões favoráveis ao impeachment de Michel Temer (caso ele não tome a iniciativa de se demitir) e que 47% dos eleitores têm vergonha de ser brasileiros.