Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Eleitos da FN e FI abaixo das previsões iniciais

Com o avanço da contagem dos votos da segunda volta das legislativas francesas as projecções sofreram ligeiras correções sem alterar o sentido geral dos resultados: maioria absoluta de Macron

Segundo novas projecções já corrigidas pela contagem dos votos, a estimativa inicial de eleitos da REM, o partido afecto a Macron, pode subir para 361 deputados (a maioria absoluta atinge-se aos 289 deputados). Já a bancada dos conservadores (LR) sobe ligeiramente de 125 para 128 deputados. Os socialistas ficam com 46 eleitos (menos um do que anteriormente previsto). A FI (esquerda radical) fica-se pelos 28 (menos dois que a anterior previsão), não dependendo dos 10 a 11 deputados do Partido Comunista com que estava coligado nesta segunda volta para constituir grupo parlamentar. Finalmente, os resultados da FN foram revistos em baixa, devendo ficar-se não por dez mas por oito deputados, incluindo a líder Marine Le Pen mas não outra importante figura do partido, Florian Phillippot, não eleito.