Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Dois mortos num ataque na capital do Mali

Ataque a hotel de luxo em Bamako fez pelo menos dois mortos, um dos quais poderá ser o atacante

Um indivíduo armado introduziu-se ao fim da tarde de domingo no Hotel Le Campement, próximo do aeroporto de Bamako, capital do Mali. Vizinhos falam em explosões e tiroteio e as autoridades locais anunciam dois mortos, um dos quais o presumível atacante.

O hotel atacado é vizinho do Radisson, alvo de um ataque por um comando jiadista a 20 de Novembro de 2015. Da situação de ataque e tomada de reféns resultaram então 21 mortos, incluíndo os atacantes.

A situação de segurança neste país do Sahel onde as tropas francesas intervieram em Janeiro de 2013 derrotando uma tentativa jiadista de tomar o país tem-se degradado, sobretudo na zona leste e nordeste onde os nómadas tuaregues com antigas aspirações autonomistas são maioritários.

Quinta-feira à noite numa cidade dessa zona do país, Kidal, perto da fronteira da Argélia, houve flagelações com morteiros e tiros contra uma força da ONU que vitimou mortalmente três capacetes azuias.

  • Militar português morre no Mali

    Sargento-ajudante Paiva Benido, que integrava o Contingente Nacional na Missão de Treino da União Europeia no Mali, faleceu vítima de um ataque de elementos rebeldes, informa o Exército em comunicado enviado às redações