Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tiroteio durante treino de basebol do Partido Republicano faz 5 feridos, atacante morreu

JOSHUA ROBERTS / Reuters

Ataque aconteceu nos arredores de Washington, EUA. Steve Scalise, um dos líderes do Partido Republicano na Câmara dos Representantes, foi ferido, contou à CNN um dos seus colegas que lhe prestou os primeiros socorros, Atirador acabou por falecer, vítima dos ferimentos sofridos, anunciou Donald Trump

Cinco pessoas ficaram feridas, entre as quais o congressista republicano Steve Scalise, num tiroteio ocorrido em Alexandria (no estado norte-americano da Virgínia), nos arredores de Washington. O autor do ataque, identificado entretanto como James Hodgkinson, de 66 anos, acabou por morrer na sequência dos ferimentos sofridos, anunciou esta tarde Donald Trump. numa declaração na Casa Branca.

Segundo as primeiras informações, o tiroteio ocorreu durante um treino de basebol de membros do Partido Republicano. Michael Brown, chefe da polícia de Alexandria, confirmou numa conferência de imprensa o número de feridos sem adiantar pormenores sobre o estado clínico dos mesmos.

O incidente ocorreu cerca das 7h locais (12h em Lisboa). Mo Brooks, um dos republicanos presentes na sessão, citado pela AP, refere que o atirador terá disparado entre 50 e 100 tiros. O suspeito foi entretanto detido "e deixou de ser uma ameaça", precisou a polícia de Alexandria num tweet, adiantando que "as vítimas foram transportadas para hospitais".

Steve Scalise, de 51 anos, um dos líderes do Partido Republicano na Câmara dos Representantes, foi atingido numa anca, contou à CNN um dos seus colegas que lhe prestou os primeiros socorros.

O Presidente Donald Trump não tardou a reagir ao tiroteio, usando a sua conta no Twitter:

Apresentando Scalise como "um amigo de verdade e um patriota", Trump refere que o congressista foi "gravemente ferido" mas "vai recuperar totalmente", e salienta que os seus "pensamentos e orações" estão com o colega de partido.

[Notícia atualizada às 17h07]