Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Morreu o responsável pelo tiroteio que ocorreu durante treino de basebol do Partido Republicano

James T. Hodgkinson, o homem responsável pelo tiroteio que decorreu durante um treino de basebol de membros do Partido Republicano, em Alexandria, morreu no hospital devido aos ferimentos que sofreu. A notícia foi confirmada pelo Presidente Donald Trump

O homem armado que iniciou um tiroteio em Alexandria (no estado norte-americano da Virgínia), nos arreadores de Washington, morreu no hospital devido aos ferimentos, avançou o presidente dos EUA, Donald Trump.

O tiroteio ocorreu durante um treino de basebol de membros do Partido Republicano, perto das 7h locais (12h em Lisboa). O atirador foi identificado como sendo James T. Hodgkinson e residia em Illinois.

Cinco pessoas ficaram feridas, entre as quais o congressista republicano Steve Scalise, de 51 anos, que foi atingido numa anca. Trump disse que Scalise “foi gravemente ferido e está agora em condições estáveis”.

“A América está a rezar por todas a vítimas deste tiroteio terrível”, declarou Donald Trump, descrevendo o ataque como sendo “muito, muito brutal”. “Estamos profundamente entristecidos com esta tragédia”, acrescentou.

Segundo a AP, Trump elogiou as “ações heróicas” da Polícia do Capitólio durante o ataque. Davis, um republicano de Illinois, deu também crédito às autoridades pelo seu comportamento, dizendo que se eles não estivessem lá, “teria sido um massacre”.

De acordo com a BBC, a polícia de Alexandria afirmou que o FBI assumiu a investigação do ataque que teve lugar no Eugene Simpson Stadium Park.