Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Ó MEO, NOS  por cá tudo bem

A MEO lidera no pacote com mais assinantes (o 5P), a NOS é a nº 1 em quota de mercado total. Nas receitas ganha a MEO

Nuno Botelho

1 Afinal, quem é que lidera nas telecomunicações?

Depende do tipo de serviço ou de pacote que está em análise. Também depende se estamos a falar na liderança no total dos serviços de telecomunicações, nos pacotes com mais assinantes ou nas receitas. A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) divulgou esta semana dados do primeiro trimestre do ano, que indicam que 87 em cada 100 famílias têm um pacote de serviços de comunicações eletrónicas. Há um total de 3,55 milhões de assinantes de pacotes, o que representa mais 35 mil do que no trimestre anterior e mais 245 mil face ao primeiro trimestre de 2016. O aumento destes serviços integrados deve-se ao crescimento de 36 mil clientes dos pacotes 3P e de 25 mil clientes
no serviço 5P, os dois pacotes que têm mais assinantes em Portugal.

2 Quem comanda em cada um dos pacotes?

A MEO lidera no pacote com mais assinantes, a NOS é a nº 1 em quota de mercado total. O pacote com mais clientes é o 5P (voz, televisão, telemóvel, internet fixa e móvel), com 41,3% de assinantes, ultrapassando o 3P (voz, televisão e internet) a curta distância (41%). A NOS é a que tem mais clientes no 3P, o segundo mais procurado pelos portugueses. No 2P (voz e internet) é a MEO a operadora que lidera, deixando o primeiro lugar para a NOS quando o que está em análise é o pacote 4P (voz, televisão, internet e telemóvel). Em termos do número total de assinantes, a NOS lidera, com uma quota de mercado ligeiramente mais elevada (39,4%), tendo ultrapassado a MEO (39,2%). A Vodafone é a terceira operadora, com 16,4% de quota, seguida da Apax (Nowo), com 5%.

3 Quem vai à frente nas receitas?

É a MEO, com uma quota de 41,8%, seguida da NOS, com 39,9%, da Vodafone, com
14,2%, e da Nowo, com 4%. As receitas dos serviços em pacote no primeiro trimestre totalizaram €440 milhões, o que representa uma subida de 6% em relação
ao mesmo período do ano anterior. A receita média por subscritor foi de €41,57, uma quebra de 1,6% em relação ao período homólogo. De acordo com uma análise da ComparaJá.pt, o pacote mais procurado (o 5P) tem preços diferentes na MEO e na NOS, mas o serviço não é absolutamente idêntico. O pacote 5P da MEO (com 200 canais de televisão e 3GB de internet no telemóvel) custa €71,49, enquanto na NOS ascende a €72,50 (com 174 canais e 7GB de internet no telemóvel). O 3P tem o mesmo valor nas duas operadoras, €44,99, mas a MEO tem 150 canais enquanto a NOS oferece 167.

4 Porque é que as operadoras apostam em pacotes?

Apesar de poderem perder alguma receita, ao integrarem os serviços em pacotes e baixarem
o preço, as operadoras ‘agarram’ o cliente em todos os serviços. O número de clientes entra em linha de conta na contabilização de quotas de mercado da ANACOM. Há também economias de escala ao concentrarem num cliente uma única fatura para vários serviços. Por exemplo, no caso de as pessoas que se atrasam nos pagamentos: em vez de haver o contacto de várias entidades para um cliente, há o contacto de apenas uma entidade. Os pacotes também garantem um valor fixo mensal à cabeça, ao mesmo tempo que, do ponto de vista comercial, é mais fácil fazer uma segmentação de perfis de clientes, podendo perder em alguns pacotes mas ganhando noutros.