Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Juízes brasileiros mantêm Michel Temer na Presidência do Brasil com 4 votos contra 3

UESLEI MARCELINO/REUTERS

O presidente do Brasil mantém o cargo por um voto. Mas ainda não está a salvo

Os juízes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil decidiram, na sexta-feira, por quatro votos a favor e três contra, absolver a coligação de Dilma Rousseff e Michel Temer, mantendo o chefe de Estado no cargo.

A coligação Dilma-Temer venceu a eleição presidencial em 2014, mas estava a ser julgada neste tribunal sob a acusação de ter cometido crimes de abuso político e de abuso económico durante a campanha.

Se tivessem sido condenados, Michel Temer teria perdido o cargo de Presidente do Brasil e Dilma Rousseff o direito de concorrer a cargos públicos por oito anos.