Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Partido do Presidente Peña Nieto consegue reeleição à justa no Estado do México

O candidato do Partido Revolucionário Institucional, Aldredo del Mazo, surge na frente com 33,38% dos votos

CARLOS JASSO/REUTERS

O Partido Institucional Revolucionário escapou por um triz a perder o Estado do México, que mantém sob a sua governação há 88 anos. O resultado tem importância acrescida por surgir como um importante indicador para as presidenciais do próximo ano

O candidato da aliança liderada pelo Partido Revolucionário Institucional (PRI) à governação do Estado do México, Alfredo del Mazo, surge como o vencedor com 33,38%, contra 31% da candidata Movimento de Regeneração Nacional (Morena), Delfina Gómez, quando estão contados 90,11% dos votos.

“Hoje é o momento de trabalhar pelo Estado do México, o momento de trabalharmos pela unidade”, afirmou Mazo a partir da sede do partido, após ter tomado conhecimento de surgir na frente na contagem da votação de domingo.

Os resultados das eleições regionais, naquele que é o Estado mais populoso do México e a terra do Presidente Peña Nieto, surgem como um importante indicador para as presidenciais do próximo ano, numa altura em que a sua popularidade se apresenta muito agastada. As sondagens mostram que 78,6% desaprovam a sua residência .

O seu partido, o PRI, parece deste modo ter contudo escapado de perder a governação do Estado do México, onde está no poder há 88 anos.

As sondagens à boca das urnas haviam dado vantagem a Mazo, mas por uma margem ainda mais reduzida e não é de excluir que os restantes partidos venham a contestar o processo eleitoral.