Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

British Airways cancela voos de Londres devido a falha informática

HANNAH MCKAY

A companhia aérea britânica cancelou todos os voos previstos para descolar dos aeroportos londrinos de Heathrow e Gatwick devido a uma falha informática. Hipótese de ciberataque foi descartada. O caos está instalado

Sábado não sairam voos da British Airways (BA) dos aeroportos londrinos de Heathrow e Gatwick, e domingo os atrasos deverão continuar a sentir-se. Segundo a transportadora, houve uma "importante falha do sistema informático que está a causar graves alterações" nos voos a nível mundial, ainda que afaste a possibilidade de na origem da mesma estar um ataque externo. "Não há nenhuma prova de que se trate de um ciberataque", disse à agência de notícias espanhola Efe um porta-voz da BA.

Em comunicado, a BA indicou que "os terminais de Heathrow e Gatwick estão muito congestionados, tendo sido cancelados todos os voos" previstos para descolarem antes das 17h (GMT). E solicitou aos passageiros destes voos para que não se deslocassem para os aeroportos em causa, porque os mesmos não se vão realizar. Mais tarde a companhia anunciou que todos os voos destes aeroportos até ao fim do dia tinham sido cancelados.

A BA vai manter os clientes informados sobre as alterações de voos através dos seus canais de comunicação, lamentando os problemas causados aos passageiros afetados e garantindo que está a trabalhar para resolver a situação o mais rapidamente possível.

A companhia britânica não avançou com o número de voos a nível mundial afetados pelo colapso do sistema informático, e também não especificou os problemas que estão a afetá-lo.

O aeroporto de Heathrow, o maior do Reino Unido, já assinalou que está a trabalhar "estreitamente" com a BA para resolver o problema, que se verifica precisamente num período marcado pelo início de uma semana de férias escolares, quando muitos britânicos saem de férias para o estrangeiro.

O caos nas redes sociais

No Twitter e Facebook chovem relatos do caos que está instalado nos dois aeroportos londrinos de Heathrow e Gatwick. Os passageiros que já se encontravam nas aerogares foram informados de que deveriam abandonar os locais, mas sem as malas de que já tinham feito check-in, uma vez que o sistema de gestão da bagagem também está em baixo. Também não há anúncios sonoros da companhia ou atualizações no website porque ambas as plataformas dependiam do mesmo sistema. O pessoal de terra está a dar informações através de comunicados escritos à mão em quadros brancos.

De acordo com a Renascença, foram afetados onze voos de ou para aeroportos portugueses. Em Lisboa foram cancelados três voos, dois para Londres e um para a capital. Para o Porto foram cancelados dois voos, um para Gatwick e o outro para Heathrow. De e para Faro ficaram em terra seis voos.