Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cofundador do Twitter lamenta o papel da rede social na eleição de Trump

getty

Numa entrevista ao jornal The New York Times, Evan Williams disse que o papel do Twitter na ascensão populista de Trump é "uma coisa muito má"

O cofundador do Twitter Evan Williams diz lamentar se a rede social ajudou a colocar Donald Trump na Casa Branca, como o Presidente sugeriu.

Numa entrevista ao jornal The New York Times, Williams disse que o papel do Twitter na ascensão populista de Trump é "uma coisa muito má".

O Presidente já atribuiu ao Twitter o crédito pela sua eleição para o cargo mais importante do país. Quando confrontado com essa ideia, Williams disse: "Se é verdade que ele não seria Presidente se não fosse pelo Twitter, então sim, lamento".