Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump considera ser “o político mais maltratado da história”

Alex Wong/GettyImages

Num discurso perante graduados da Academia da Guarda Costeira, a primeira intervenção pública desde que se avoluma a pressão contra si, Trump voltou a queixar-se da forma como é tratado pelos media e prometeu resistir: “Não podemos deixar que nos derrubem”

Donald Trump sente-se o político mais injustamente tratado da história. Numa altura em que está a ser especialmente questionado por ter demitido o diretor do FBI e em que é posto em causa por ter divulgado informação confidencial à Rússia, o Presidente norte-americano vestiu publicamente o papel de vítima.

“Vejam a forma como tenho sido tratado ultimamente, em especial pelos media”, disse Trump esta quarta-feira, perante graduados da Academia da Guarda Costeira, em Connecticut. “Nenhum político na história, e digo-o com grande segurança, foi tratado pior ou de forma mais injusta”, acrescentou.

Naquele que foi o seu primeiro ato público desde a acusação de ter solicitado ao ex-diretor do FBI que parasse a investigação sobre Michael Flynn, Trump não vacilou: “É preciso lutar, lutar, lutar”.

Ao longo do discurso - muito aplaudido - insistiu que desistir não pode ser opção: “Não podemos deixar que nos derrubem”.

Trump afirmou depois que a sua administração estava prestes a cumprir duas das principais promessas eleitorais, sendo elas a reforma do sistema de saúde e a construção de um muro na fronteira com o México.

“As pessoas entendem o que estou a fazer, e isso é o mais importante”, concluiu.