Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump no Twitter: espero que não haja gravações das minhas conversas com o ex-diretor do FBI

JIM LO SCALZO/ EPA

Dentro do seu estilo habitual, o Presidente norte-americano volta a lançar um recado pela rede social Twitter

Donald Trump deixou esta sexta-feira uma advertência ao ex-diretor do FBI James Comey, relativamente a mensagens que este possa passar para os media.

“James Comey bem pode torcer para que não haja 'cassetes' das nossas conversas antes de ele começar a passar informação aos jornalistas!”, escreveu o Presidente norte-americano em mais um dos seus inúmeros posts no Twitter.

A mensagem na rede social surge no dia em que o “New York Times” noticia que James Comey se recusou a jurar lealdade ao Presidente.

O jornal norte-americano refere que, segunda a versão de Comey, relatada por colegas seus, o então diretor do FBI e o Presidente mantiveram essa conversa num jantar privado a 20 de janeiro, uma semana depois da tomada de posse de Trump.

Comey apenas prometeu “honestidade” ao recém-eleito Presidente e considera que tal acabou por lhe custar o seu afastamento do cargo.