Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Morte cinzenta”: a nova droga que preocupa os Estados Unidos

“Esta é uma das combinações mais assustadoras que já vi em quase 20 anos de análises forenses”, refere um responsável da polícia no estado da Georgia

Uma nova droga, apelidada de "morte cinzenta", está a assustar os Estados Unidos, tendo causado já várias mortes e dezenas de casos por overdose.

A substância tem um aspeto parecido ao do cimento, podendo ser apresentada em pó, pasta ou bloco sólido. A mistura inclui elementos como heroína, fentanil, carfentanil (tranquilizante muito forte usado para adormecer tigres e elefantes) e U-47700 (opiáceo sintético), refere o "El País", e pode matar apenas com uma dose.

Os consumidores podem injetar, engolir, fumar ou inalar a droga. Porém, o simples contacto cutâneo com o produto pode colocar qualquer pessoa em risco, uma vez a droga é rapidamente absorvida pela pele.

As autoridades encontram-se preocupadas com esta última descoberta, que pode ser encontrada nas ruas a um baixo custo. Até agora foram detetados casos de consumo nos estados de Alabama, Georgia e Ohio. Só na Georgia, registaram-se cerca de 50 overdoses relacionadas com este composto nos últimos três meses.

Citado pela agência Associated Press, Deneem Kilcrease, responsável da área química da polícia da Georgia, não esconde que esta "é uma das combinações mais assutadoras que já vi em quase 20 anos de análises forenses".