Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Moon Jae-In vence presidenciais na Coreia do Sul

KIM HONG-JI / Reuters

Grande favorito nas sondagens, o candidato do Partido Democrático terá obtido 41,4% dos votos, segundo uma sonfgagem à boca da urna realizada por três cadeias televisivas

Moon Jae-In, antigo advogado especializado na defesa dos direitos humanos, venceu confortavelmente as eleições presidenciais desta terça-feira na Coreia do Sul, indica uma sondagem à boca das urnas.

Grande favorito nas sondagens, Moon, candidato do Partido Democrático, obteve 41,4% dos votos, segundo o estudo realizado por três cadeias televisivas.

O conservador Hong Joon-Pyo, do Partido da Liberdade (da ex-Presidente Park Geun-hye), ficou a uma considerável distância com 23,3% dos votos, seguido do centrista Ahn Cheol-Soo, do Partido Popular, com 21,8%.

Estas eleições antecipadas devem-se à deposição de Park Geun-hye a 10 de março, devido ao seu envolvimento no caso "Rasputine". A ex-Presidente está atualmente em prisão preventiva.

O escândalo conhecido por "Rasputine" centra-se em Choi Soon-Sil, uma amiga da ex-Presidente, suspeita de ter usado pessoas para obrigar os grandes grupos industriais do país a "doarem" quase 70 milhões de dólares (65 milhões de euros) a duvidosas fundações por ele controladas.

Cerca de 42,4 milhões de sul-coreanos foram chamados às urnas para escolher entre 13 candidatos o futuro presidente da República para um mandato de cinco anos.