Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Papa critica Macron e Marine Le Pen

O papa Francisco aludiu hoje ao debate entre os candidatos presidenciais em França, criticando que tenham passado o tempo a "atirar pedras" um ao outro

Francisco, que falava num encontro com estudantes, frisou que falava "não como papa mas como alguém que ouviu falar do que se passou durante um diálogo televisivo pré-eleitoral". Onde esteve o diálogo?", questionou, afirmando que os candidatos Emmanuel Macron e Marine Le Pen "atiraram pedras um ao outro, não deixavam o adversário acabar de falar, até com palavras um pouco duras".

O papa considerou que "quando se chega ao ponto de não saber dialogar, o desafio de aprender a dialogar é muito grande" e apelou para "ouvir com gentileza e respeito", falando com os adversários "sem insultos".
O independente Macron e Le Pen, de extrema-direita, enfrentam-se no domingo na segunda volta das eleições presidenciais francesas.