Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Professor de ciências condenado por fabrico de metanfetaminas

As semelhanças com o enredo da série “Breaking Bad” são quase inevitáveis. John Gose foi apanhado numa operação de trânsito com o equipamento de laboratório que usava para o fabrico dos estimulantes

Aquele poderia ser apenas o enredo da série “Breaking Bad” é também uma história real: um professor que produz metanfetaminas no estado norte-americano do Novo México. John Gose, 56 anos, vai ser condenado pelo crime de produção de metanfetaminas, informou esta quarta-feira o procurador local.

Gose, que esteve ligado ao ensino das ciências, foi apanhado pela polícia durante uma operação de trânsito. No carro, trazia uma série de equipamentos de laboratório que utilizava para fabricar as metanfetaminas. Segundo a BBC, quando as autoridades investigaram a sua casa encontraram matéria suficiente para produzir cerca de meio quilo do estimulante.

Durante oito anos, o antigo professor, que pode ser condenado a 20 anos de prisão, deu aulas numa escola em El Paso, no Texas. Mais recentemente, ensinou crianças do oitavo ano nas escolas públicas de Las Cruces.

As comparações com “Breaking Bad” são quase inevitáveis. Na série norte-americana, cujo último episódio foi transmitido em 2013, conta história de Walter White, um químico que dá aulas a adolescentes na cidade de Albuquerque (precisamente no estado do Novo México). Frustrado com o trabalho e com sérios problemas de saúde e familiares, o professor acaba por começar a produzir metanfetaminas com um dos seus antigos alunos.