Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pão fresco, café e chocolate na mesa entregues pela Amazon

Distribuição avança na Alemanha

Lucy Nicholson / Reuters

Depois de Londres no ano passado, Berlim e Potsdam são as duas primeiras cidades da Alemanha a receberem mercadorias frescas em casa via Amazon

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

Desde esta quinta-feira, os moradores de Berlim e da vizinha cidade de Potsdam que possuam uma subscrição com serviço Prime podem receber em casa mercadorias frescas vendidas e distribuídas pela Amazon. Segundo a agência Reuters, a Amazon pôs à escolha dos seus clientes 85 mil produtos entre os quais chocolate, café e pão de 25 lojas locais. Para receber esses produtos em casa, basta aderir ao serviço que custa 9,99 euros por mês e dá direito a um número ilimitado de entregas de encomendas que ascendam a um mínimo de 40 euros cada.

Este novo serviço pretende acelerar as vendas online na Alemanha, cuja evolução tem sido lenta, escreve a Reuters. As razões adiantadas são uma alta densidade de lojas de alimentos e o domínio das cadeias discount Aldi e Lidl, ambas com serviços de comércio online ainda pouco desenvolvidos.

A Amazon lançou o serviço de distribuição de produtos frescos pela primeira vez em 2007, em Seattle, serviço que se expandiu por mais meia dúzia de cidades americanas. Em 2016, lançou-se em Londres. A Alemanha é o segundo maior mercado da Amazon fora dos Estados Unidos e este novo serviço foi aguardado com expectativa pela Deutsche Post DHL, que anunciou na semana passada ter ganho o contrato de entregas para o gigante das vendas online.