Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Theresa May acusa UE de tentar influenciar eleições britânicas

Carl Court/GETTY IMAGES

Chefe do governo britânico diz que os responsáveis europeus lançaram ameaças contra o Reino Unido e não querem o êxito das negociações do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, acusou esta quarta-feira responsáveis europeus de tentarem influenciar as eleições legislativas britânicas de 8 de junho para impedirem a saída do Reino Unido da União Europeia.

"Alguns, em Bruxelas, não querem o êxito das negociações, não querem que o Reino Unido tenha êxito", disse May frente à residência oficial, no número 10 de Downing Street, depois de ter comunicado formalmente à rainha Isabel II a dissolução do Parlamento e o início oficial da campanha eleitoral.

"Políticos e funcionários europeus lançaram ameaças contra o Reino Unido. Todos estes atos foram programados de maneira deliberada para influenciar o resultado das eleições gerais de 08 de junho", acrescentou.

May, a cujo Partido Conservador as sondagens dão ampla maioria, frisou que os vencedores das eleições vão ter como principal missão "obter o melhor acordo possível para o Reino Unido".

Theresa May acionou a 29 de março o artigo 50.º do Tratado de Lisboa, dando início a um processo de negociações de dois anos para chegar a acordo com Bruxelas sobre a futura relação do Reino Unido com a UE.