Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Após 69 anos de casamento, marido e mulher morrem com 40 minutos de intervalo

Isaac e Teresa Vatkin viveram apaixonados desde que se conheceram. Morreram de mãos dadas, no hospital, quase ao mesmo tempo

Isaac e Teresa Vatkin estiveram casados 69 anos e quem lhes era próximo sabia como era forte o amor que os unia. Diziam que um não vivia sem o outro, o que acabou por ser literal quando, 40 minutos após Teresa ter morrido, Isaac - ainda de mãos dadas com a mulher - faleceu também.

De origem argentina, ambos emigraram para os Estados Unidos e, depois de se conhecerem e casar, fixaram-se em Skokie, Illinois. Há alguns anos, a mulher foi diagnosticada com Alzheimer, o que levou o marido a deixar o negócio de família nas mãos dos filhos, para se dedicar em exclusivo à esposa.

Quando a saúde dela começou a deteriorar-se, fruto da doença, também Isaac foi ficando mais fraco. Acabaram por ser os dois internados e no sábado, ao perceberem que o estado de ambos de agravava, os funcionários do hospital juntaram-nos no mesmo quarto.

Os seus familiares juntaram então as mãos dos dois, tendo Teresa morrido primeiro. Tinha 89 anos. Escassos 40 minutos depois, Isaac, de 91, deixou também de respirar. Os médicos dizem que morreu de causa natural.

“Viveram sempre apaixonados, literalmente até ao fim, até ao último segundo”, disse o rabino Barry Schechter, que dirigiu a cerimónia fúnebre.

Apesar da tristeza, os membros da família confessaram sentir algum conforto por saber que estiveram juntos no final.

“Não os queríamos ver partir”, disse o neto William Vatkin, citado pela BBC, “mas acho que não podíamos pedir mais nada”.